Monday, February 11, 2008

Hoje preciso de ti...

Meu Amor,

Hoje é um daqueles dias em que eu mais precisava de ti (ainda que de ti precise todos os dias da minha vida). Mas hoje... Hoje é praticamente um caso de vida ou de morte. Hoje a minha Alma precisava da tua para se sentir completa. Sem ti ando perdido, sem rumo, sem norte.

Hoje precisava das tuas palavras para sossegar a fúria que carrego comigo. Precisava das tuas mãos para não me sentir tão sozinho. Precisava dos teus abraços para acreditar na humanidade. Precisava dos teus olhos para ser feliz. Podia ser que essa felicidade durasse apenas um segundo. E daí? Mais valia um segundo...

Hoje, os teus beijos (se mos desses) seriam para mim um bálsamo reconfortante que afastaria toda a mágoa e tristeza que agora me invade. Hoje, todo o carinho que me quisesses dar, seria o colo que tanto me falta. Hoje, cada gesto teu, valeria por milhões de outros que à minha volta nada me dizem.

Sabes bem o quanto preciso de ti, o quanto te quero, o quanto te Amo. Mas hoje... Hoje acho que nem tu me reconhecerias. Hoje jogar-me-ia aos teus pés. Imploraria se fosse o caso. Rastejaria atrás de ti para receber qualquer migalha que me jogasses. Porque hoje, qualquer migalha significaria para mim a refeição ideal.

Meu Anjo,

Hoje estou cativo dos meus sentimentos e das palavras que estes arrancam. Hoje algo explodiu (ou implodiu, não sei bem...) dentro de mim e agora não sei se ruí de vez, se ganhei uma nova chama. Por isso, precisava de ti agora. Porque tu me lerias, tu me entenderias, tu me compreenderias e tu saciarias a minha fome de ti.

Tantos e tantos dias que senti a tua falta, que caminhei vazio por dentro (ainda que parecesse cheio por fora), que escondi (ou tentei esconder) tudo o que sinto. Mas hoje... Hoje é-me impossível reter os sentimentos que galopam cá para fora. Hoje, não tenho outro remédio senão deixá-los sair. Talvez me faça bem...

Perdoa-me invadir assim a tua Alma, a tua privacidade, o teu descanso, mas hoje queria que tu (sejas lá quem fores) soubesses que hoje...eu preciso de ti.

4 comments:

Sha said...

Porque sei todos os dias como essa falta pode um vazio imenso, deixo-te um olhar, um sorriso, um abraço e um colo... com muito mimo!

Bjinho
Sha

ci said...

quem me dera alguém precisar de mim assim...

beijos incomuns da ci

Anonymous said...

...parece impossível...

Ana

Anonymous said...

Meu Deus, os teus textos são das coisas mais bonitas que já vi!

São uma inspiração para qualquer um...

Continua assim