Wednesday, January 16, 2008

Não basta dizeres que me Amas

Minha Querida,

Não me bastam as tuas palavras doces a dizeres que gostas de mim, que tens saudades minhas, que pensas em mim, que me Amas. Não me chegam os teus olhos meigos que me olham de perto como se ao longe estivessem. Não é suficiente o carinho que me entregas como se de uma esmola se tratasse. Quero mais. Sempre quis mais.

Quero-te inteira, de corpo e Alma. Quero tudo aquilo que me dás, tudo aquilo que me deste e tudo aquilo quanto um dia sonhaste em me dar. E até tudo o que nunca pensaste dar a ninguém.

Quero os teus sonhos, quero o teu coração, aberto, dissecado. Quero os teus olhos dentro dos meus. Quero o teu corpo nú, descoberto, despojado de pudores e vergonhas. Quero os teus segredos, os teus anseios, os teus medos. Algum dia me propus a dar-te menos do que isto? Não será, então, justo que eu queira o mesmo que estou disposto a entregar?

Talvez eu esteja apenas louco por te pedir tudo o que te peço. Talvez só em sonhos possas estar ao meu lado desta maneira. Então que criemos um sonho. Não seria o primeiro sonho que eu inventaria só para nós dois. O que não me posso permitir é deixar-me levar pela triste e dura realidade de que já nada tenho direito senão às tuas palavras doces.

7 comments:

Anonymous said...

MUITO ESTRANHA ESTA SINTONIA DE VIVÊNCIAS.

AINDA HEI-DE DESCOBRIR QUEM TU ÉS.

ANA

Anonymous said...

um dia destes ao sabado no CM, o seu blog em destaque. Fique atento.

veterana said...

:))

n é a 1ª vez q passo por aki, n é tb a 1ª vez q ao sair tenho a sensação q falas para mim ou para alguem :)) kistranhu né?? ;))))

todos temos um dom, alguns mostram no, outros naum.

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Sha said...

Poeta...

falas a linguagem que toca o coração de qualquer mulher.

Beijinho
Sha

Ana Paula said...

como já foi dito antes... essas palavras parece q encaixam em diversas paixões, todos conseguimos rever situações nas tuas palavras... sempre tão fortes... sempre sentidas, axo q é a vulgaridade do amor q nos empurra a pensar q as palavras são dirigidas a nos...

kisses

Anonymous said...

Fico FELIZ por saber que chegas a tantos corações na mesma sintonia a que chegas ao meu ... e 'aliviada' por não ser a única a sentir tal ...

Tens um DOM e isso é óbvio ... continuo-o achar que é grande demais para estar tão escondido num blog .... e uma forma tão grande de AMAR para ficar presa a um sonho ...

UM GRANDE BEIJINHO
Inês de Castro

Fausta Paixão said...

entrega excessiva faz qualquer um perder-se de si próprio, daquilo que é, da sua essência.
Sei que ficcionas o amor, o potencial verdadeiro, aquele que qualquer ser humano deseja viver nem que seja por uma vez.
Não acreditas nele, eu sei. Nem eu.
Sobra pouco depois da entrega.
Qualquer entrega é tão negativa quanto fantástica.
Para mim não há saída. Nem para ti, eu sei.